Corticóide

Download PDF

Prednisona 

É um hormônio sintético, semelhante ao hormônio natural cortisol, produzido pela nossa glândula Supra-Renal, conhecido também como o hormônio do Stress.

Existem várias formulações sintéticas do cortisol, sendo as mais comuns usadas no tratamento de doenças reumáticas;

  • Prednisona
  • Deflazacort
  • Metilprednisona (usada na pulsoterapia – endovenoso)

É Antiinflamatório Hormonal, muito utilizado no tratamento de diversas doenças reumáticas e auto-imune. Tem poder antiinflamatório, analgésico e antialérgico.

Medicamentos Sintomáticos

  • Utilizados como antiinflamatório diminuindo a inflamação e como auxíliar no alívio da dor, utilizado também em momentos de crises, servindo para controlar a atividade da doença.
  • Porém, o seu uso contínuo deve ser criterioso, sendo adequado avaliar risco x benefícios.
  • Prednisona tem efeito supressor, mas sozinho não leva a estabilização da doença, em especial da Artrite Reumatoide.

Apresentação:

  • Prednisona: comprimidos de 5mg, 10mg, 15mg, 20 mg
  • Deflazacort: comprimidos 6mg, 7,5mg, 30mg

Administração, como usar:

  • Tomar preferencialmente pela manhã
  • Doses de 5 à 10 mg, são chamadas de doses fisiológicas, por serem compatíveis com a produção natural do organismo, nessa dose tem efeito apenas de antiinflamatório, somente doses superiores tem efeito imunossupressor.

Indicação:

  • Artrite Reumatoide
  • Artrite Idiopática Juvenil
  • Artrite Psoriásica
  • Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES)
  • Polimialgia Reumática (PMR)
  • E uma infinidade de doenças reumáticas e auto-imune
  • Pode ser utilizado durante a gestação, quando o médico avalia ser necessário.
Contra-Indicação: 
  • Não é Contra-Indicado na Gravidez
  • Infecções Sistêmica por Fungos
  • Imunodeficiência Adquirida (HIV)
  • Hipertensão – Diabetes -Hipertireoidismo (avaliar risco – beneficio).
Tempo para fazer efeito (controle da doença):
  • Efeito rápido, em poucos dias observa-se grande melhora.
Efeitos Colaterais mais comuns:
  • Distúrbios gastrintestinais
  • HAS – Hipertensão Arterial Sistêmica Transitória (qdo tirar o corticoide volta ao normal)
  • Diabetes Transitória (qdo tirar o corticoide volta ao normal)
  • Aumento do Apetite
  • Retenção hídrica (edema)
  • Ganho de Peso
  • Edema Face (cara de bolacha) Isso passa conforme a dose for baixando
  • Estrias
  • Alopecia (discreta queda do cabelo)
  • Fraqueza Muscular
  • Dor Muscular
  • Fadiga
  • Púrpura
  • Pele Fina
  • Acne
  • Menstruação Irregular
  • Alteração do Humor
  • Insônia
  • Agitação
  • Tristeza
  • Alteração de células sanguíneas
  • Na presença de febre, devemos comunicar o médico imediatamente.
Cuidados:
  • Realizar Dieta, evitando doces e frituras
  • Ingerir bastante água, sucos.
  • Evitar Refrigerante
  • Usar protetor solar
  • Nunca para o uso de corticoide sozinho, siga as orientações médicas, a interrupção repentina do corticoide, pode causar sérias complicações. (atinge a glândula Supra-Renal).
  • Não se renda a sensação de fome que temos quando estamos com alta dose de corticoide, comer quando temos essa sensação nem sempre é fome, é ansiedade causada pelo próprio corticoide, é nestes momentos que ganhamos muito peso, e depois isso leva a outras consequências que podemos evitar.
Fornecido pelo SUS “Sistema Único de Saúde”
As farmácias da rede básica de saúde, fornecem prednisona com receita simples.
As farmácias Dose Certa comercializa a baixo preço.
O Deflazacort não tem na rede publica.
As informações são apenas uma orientação geral, a pessoa indicada para orientar corretamente é o seu médico assistente (reumatologistas).
Texto adaptado de Arthritis Research UK  e Bulas. Med 

Redes Sociais, para me adicionar basta clicar nos ícones abaixo

Facebook Twitter LinkedIn Blogger Facebook Page YouTube

 

PDF Editor    Enviar artigo em PDF   

Medicamentos Sintomáticos

Download PDF

Medicamentos Sintomáticos, são aqueles que auxíliam no alívio da dor, porém não possuem capacidade de controlar/estabilizar a doença, o uso de medicamentos sintomáticos não deve ser feito sem orientação médica, e nunca deve ser seguido por conta própria, sem a orientação médica.

  • Antiinflamatórios Não Hormônais
  • Analgésicos

  • Glicocorticóides

Antiinflamatórios Não Hormonais

São indicados para diminuir a dor e a inflamação causadas pela artrite reumatóide, dificilmente seu tratamento sera realizado apenas com esse tipo de remédio, pois não promovem a redução de crises da doença, nem evitam sua evolução.

Outro problema é que seu uso contínuo pode provocar problemas estomacais, como gastrite e úlcera.
Glicocorticóides

Os  Glicocorticóides (cortisona, prednisona) podem ajudar a amenizar os sintomas na AR. Esses medicamentos estão relacionados com o cortisol, que é um hormônio que existe naturalmente no organismo e controla muitas funções importantes do corpo como pressão do sangue e pulsação. Não podemos viver sem o cortisol.

Se voce tomar altas doses de glicocorticóides alguns meses, os efetios colaterais irão começar a ocorrer.

Efeitos Colaterais:

  • Aparecimento de hematoma.
  • Osteoporose (fragilidade dos ossos)
  • Catarata
  • Glaucoma.
  • Ganho de Peso, rosto redondo.
  • Sensibilidade às infecções.
  • Pressão Alta
  • Problemas Psiquiátricos

Benefícios:

O objetivo do uso do corticoide é chegar a menor dose efetiva, o que irá reduzir o aparecimento dos efeitos colaterais o máximo possive.Entretanto, não se pode contar com os glicocorticóides como principal forma de tratamento para a maioria das pessoas com AR em todo curso da doença. Se você usar corticoie regularmente, converse com o médico sobre cálcio e vitaminas, assim como outros medicamentos e hormônios.Tomar glicocorticóides por um período prolongado pode fazer com que o corpo reduza ou perca a habilidade ede produzir glicocorticóides.

É perigoso parar repentinamente ou reduzir significadamente a dose de glicocorticóides que você esta tomando, pois o seu corpo pode não estar preparado para começar a produzir o cortisol com a rapidez suficiente.

Glicocorticóides são às vezes injetados em uma ou mais articulações.

Infiltrações

Esses tratamento podem reduzir a inflamação nas articulações que estão inchadas e doloridas, ou que estejam frequentemente tendo sintomas.A injeção direta na articulação, através de seu efeito local, aumenta temporariamente seu funcionamento e evita a maioria dos efeitos colaterais indesejados que são vistos com comprimidos de glicocorticóides diários. As injeções podem desencadear um efeito sistêmico temporário. Esssas injeções podem gerar efeitos perigosos nas articulações e administradas mais do que algumas vezes ao ano.

Infiltração é um procedimento médico, deve preferencialmente ser realizada por um médico reumatologista ou um médico Ortopedista. A infusão de corticóide direto na articulação, é uma excelente forma de alívio rápido da dor, porém a longo prazo, isso pode causa complicações como necrose da região óssea da região infundida. É preciso ter critério e indicação para infiltração, não use este procedimento como medida de alívio da dor, tudo tem seu preço e as infiltrações trazem complicações a longo prazo, se não forem realizadas apenas quando necessário.

Redes Sociais, para me adicionar basta clicar nos ícones abaixo

Facebook Twitter LinkedIn Blogger Facebook Page YouTube

PDF Converter    Enviar artigo em PDF