Corticóide

Prednisona 

É um hormônio sintético, semelhante ao hormônio natural cortisol, produzido pela nossa glândula Supra-Renal, conhecido também como o hormônio do Stress.

Existem várias formulações sintéticas do cortisol, sendo as mais comuns usadas no tratamento de doenças reumáticas;

  • Prednisona
  • Deflazacort
  • Metilprednisona (usada na pulsoterapia – endovenoso)

É Antiinflamatório Hormonal, muito utilizado no tratamento de diversas doenças reumáticas e auto-imune. Tem poder antiinflamatório, analgésico e antialérgico.

Medicamentos Sintomáticos

  • Utilizados como antiinflamatório diminuindo a inflamação e como auxíliar no alívio da dor, utilizado também em momentos de crises, servindo para controlar a atividade da doença.
  • Porém, o seu uso contínuo deve ser criterioso, sendo adequado avaliar risco x benefícios.
  • Prednisona tem efeito supressor, mas sozinho não leva a estabilização da doença, em especial da Artrite Reumatoide.

Apresentação:

  • Prednisona: comprimidos de 5mg, 10mg, 15mg, 20 mg
  • Deflazacort: comprimidos 6mg, 7,5mg, 30mg

Administração, como usar:

  • Tomar preferencialmente pela manhã
  • Doses de 5 à 10 mg, são chamadas de doses fisiológicas, por serem compatíveis com a produção natural do organismo, nessa dose tem efeito apenas de antiinflamatório, somente doses superiores tem efeito imunossupressor.

Indicação:

  • Artrite Reumatoide
  • Artrite Idiopática Juvenil
  • Artrite Psoriásica
  • Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES)
  • Polimialgia Reumática (PMR)
  • E uma infinidade de doenças reumáticas e auto-imune
  • Pode ser utilizado durante a gestação, quando o médico avalia ser necessário.
Contra-Indicação: 
  • Não é Contra-Indicado na Gravidez
  • Infecções Sistêmica por Fungos
  • Imunodeficiência Adquirida (HIV)
  • Hipertensão - Diabetes -Hipertireoidismo (avaliar risco – beneficio).
Tempo para fazer efeito (controle da doença):
  • Efeito rápido, em poucos dias observa-se grande melhora.
Efeitos Colaterais mais comuns:
  • Distúrbios gastrintestinais
  • HAS – Hipertensão Arterial Sistêmica Transitória (qdo tirar o corticoide volta ao normal)
  • Diabetes Transitória (qdo tirar o corticoide volta ao normal)
  • Aumento do Apetite
  • Retenção hídrica (edema)
  • Ganho de Peso
  • Edema Face (cara de bolacha) Isso passa conforme a dose for baixando
  • Estrias
  • Alopecia (discreta queda do cabelo)
  • Fraqueza Muscular
  • Dor Muscular
  • Fadiga
  • Púrpura
  • Pele Fina
  • Acne
  • Menstruação Irregular
  • Alteração do Humor
  • Insônia
  • Agitação
  • Tristeza
  • Alteração de células sanguíneas
  • Na presença de febre, devemos comunicar o médico imediatamente.
Cuidados:
  • Realizar Dieta, evitando doces e frituras
  • Ingerir bastante água, sucos.
  • Evitar Refrigerante
  • Usar protetor solar
  • Nunca para o uso de corticoide sozinho, siga as orientações médicas, a interrupção repentina do corticoide, pode causar sérias complicações. (atinge a glândula Supra-Renal).
  • Não se renda a sensação de fome que temos quando estamos com alta dose de corticoide, comer quando temos essa sensação nem sempre é fome, é ansiedade causada pelo próprio corticoide, é nestes momentos que ganhamos muito peso, e depois isso leva a outras consequências que podemos evitar.
Fornecido pelo SUS “Sistema Único de Saúde”
As farmácias da rede básica de saúde, fornecem prednisona com receita simples.
As farmácias Dose Certa comercializa a baixo preço.
O Deflazacort não tem na rede publica.
As informações são apenas uma orientação geral, a pessoa indicada para orientar corretamente é o seu médico assistente (reumatologistas).
Texto adaptado de Arthritis Research UK  e Bulas. Med 

Redes Sociais, para me adicionar basta clicar nos ícones abaixo

Facebook Twitter LinkedIn Blogger Facebook Page YouTube

 

Comments

2 ideias sobre “Corticóide

  1. Tenho Artrite Reumatoide descoberta a 05 anos. Ha mais ou menos 03 anos tomo 10 mg dia de prednisona. O MEDICO pede pa eu tentar diminuir gradativamente o corticoide, mas quando tento diminuir para 5 mg começo a sentir muita fraquesa, suor excessivo, e nervoso. Sera que existe algum tratamento para diminuir esses sintomas. Tenho 65 anos de idade e sou diabetica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>