Concurso Público e o Portador de Necessidades Especiais.

Toda semana recebo e-mails, solicitando informações sobre a lei de cotas, empregos e concursos públicos, diante da demanda de solicitações de informações, estou publicando o que compreendo sobre isso, sendo uma sugestão minha.

A  OMS (Organização Mundial de Saúde) define que a pessoa pode possuir impedimento, deficiência ou incapacidade situações que uma pessoa pode resumir por “Portadores de Necessidades Especiais, segundo a OMS seria;
Impedimento: alguma perda ou anormalidade das funções ou da estrutura anatômica, fisiológica ou psicológica do corpo humano;
Deficiência: alguma restrição ou perda, resultando do impedimento, para desenvolver habilidades consideradas normais para o ser humano.
Incapacidade: uma desvantagem individual, resultante do impedimento ou da deficiência, que limita ou impede o cumprimento ou desempenho de um papel social, dependendo da idade, sexo e fatores sociais e culturais.
A lei de cotas prevê de 2% a 5% das vagas de uma empresa com mais de 100 funcionários sejam ocupadas por PNE (portador de necessidades especiais).
           
Eu compreendo que o correto ao buscar um emprego, seria declarar a doença, porém sabemos que, infelizmente em nosso país a medicina do trabalho pode declarar INAPTO aquele candidato que declarar ser portador de uma doença crônica e que em algum momento da sua atividade profissional possa necessitar de condições especiais de trabalho ou até mesmo de um afastamento para tratamento de saúde. Diante disso em uma vaga normal, podemos apresentar dificuldade em conseguir um emprego, pois se escondermos a doença e ao necessitar de afastamento, vai ser descoberto tanto pelo INSS quanto pela empresa que quando entramos na empresa já tínhamos a doença e entramos no fator “doença pré-existente”.
Então por isso, eu compreendo que o correto ao buscar uma vaga de emprego, tanto no emprego público, quanto em iniciativas privadas seja, ocupar a vaga destinada a Deficientes ou PNE.  Pois no ato do exame médico admissional já será de conhecimento que  possuímos a doença  e literalmente seria injusto receber inapto por sermos portadores de doenças crônicas.
Em concurso públicos, a maioria dos editais vem descrevendo desta forma;
Possuí deficiência:  Não  Sim, se sim indicar a deficiência:
Física   Auditiva  Visual  Mental  Múltipla   Reabilitado
Necessita de condições especiais para realização da prova?   Não  Sim, se sim indicar a necessidade especial.
A maioria das inscrições segue este padrão.
Vale a pena lembrar que, no caso de Concurso Público existe um edital que pré-estabelece condições para concorrer a vaga como PNE.
Muita gente me questiona se é correto ocupar a vaga destinada a PNE?
Eu acredito que sim, pois depois da doença nossas vidas mudam, querendo ou não, acontece uma mudança, não deixamos de sermos pessoas normais, porém  que necessitam de condições especiais.
Não conseguimos andar o mesmo tempo que uma pessoa que não tem a doença, não temos a mesma resistência física e psicológica, então mesmo que nossa dificuldade seja andar, subir escadas, ficar muito tempo em uma mesma posição, podemos compreender que apresentamos  mobilidade reduzida que pode ser preenchida como Deficiência física.  A declaração do tipo de deficiência varia de pessoa para pessoa, em meu caso devido a neurite ótica eu preencheria como deficiência múltipla, pois apresento a mobilidade reduzida e deficiência visual por apresentar perda da visão periférica e ter baixa visão e visão tubular no olho esquerdo.
Este é meu parecer, irei solicitar a algumas pessoas que tem doenças crônicas que façam seu comentário e descrevam a sua experiência ao concorrer a uma vaga de emprego como PNE.
Tenho conhecimento de algumas pessoas que conseguiram conquistar cargo público pela cota de PNE.
Segue abaixo algumas legislações.
Lei nº 10.098 de 2000 e no Decreto nº 3.298 de 1999.
Lei nº 8.213/91.

Comments

110 ideias sobre “Concurso Público e o Portador de Necessidades Especiais.

  1. Possuo doença auto imune esclerodermia localizada na face, passei em concurso público e estou temerosa quanto ao resultado do exame médico avaliado pelo médico do trabalho. Eles deram absolutamente normais, minha doença não me trás limitações físicas ou psicológicas. Será que corro o risco de ser considerada inapta apenas por possuir esta doença tão evidente?

  2. Olá, sou portadora de escoliose, possuo duas curvas a maior na lombar e uma menor na torácica, minha perna esquerda é cerca de 3cm menor q a direita, gostaria de saber se posso concorrer para vaga de deficiente em concurso público.
    Obrigada.

    • Se você tem alteração de marcha, imagino que tenha por conta dos 3 cm de diferença entre as pernas, pode concorrer a vaga de PNE sim, porém, é preciso ter em mãos um relatório médico constando o seu CID e descrição da doença e relação CID x CIF. Converse com o seu médico.
      Boa Sorte!!

  3. Oiiii bom dia!!! Estou prestando concurso p PC, estou na fase dos exames médicos, fui fazer um exame de sangue antes de sair o edital , para verificar se estava tudo ok, e me surpreendi com o nível elevado do VHS hemossedimentação, para minha idade o ideal, considerado normal , seria 20 mm/h mas o resultado saiu 65 mm/h. Minha saúde, graças a Deus , é saudável, o único problema que eu sofro é de alergia a poeira, ar condicionado, quando o tempo muda, essas coisas, nada de mais. Todo ano minha ginecologista passa exame de sangue para mim mas nunca passou esse VHS. Gostaria de saber se isso reprova no exame médico? Fico no aguardo, grata pela atenção. Abs, Aline.

  4. Gostaria de saber de posso prestar concurso para agente da polícia civil. Pois tenho artrite e artrose na coluna lombar. Não posso engordar e tenho que manter atividades físicas para não sentir dores . Mas acho que no exame médico não se percebe.

  5. Bom dia, Fiz artrodese lombar devido ao ritmo de trabalho,11 anos em indústria automotiva, Fui certificado pelo INSS após ser reabilitado, e demitido pela empresa assim que pus os pés nela, gostaria de saber se posso concorrer a cotas em concurso público e quais são os documentos necessários, para fazer valer meus direitos?

  6. Olá, recentemente fui diagnosticada com fibromialgia. Essa doença é considerada reumática (como foi algo muito recente, e sequer sabia da existência dessa doença, pouco sei a respeito)?
    Ela pode levar à deformidades?
    Não tenho nenhuma deformidade física (além de hiperlordose e e uma leve escoliose), 80% do tempo a dor da fibromialgia é aturável e eu consigo conviver com ela, mas às vezes ela se torna insuportável e me derruba. Por isso, quando as dores estão um pouco mais fortes do que o habitual dirigir se torna uma tarefa muito difícil, em especial para pisar nos pedais. Eu tenho direito à isenção fiscal para ter acesso a um carro automático e assim evitar o movimento constante da troca de marcha?
    Sinto muitas dores quando me mantenho em pé parada por muito tempo e às vezes quando faço uma caminhada (n a de exercício físico, mas ir ao supermercado, andar em shoppings, etc). Por esta razao ir a shows e enfrentar filas pra mim é uma tortura. Eu tenho direito ao acesso das filas especiais?

    Desde já obrigada.

    • Raquel
      A fibromialgia é uma doença que não causa deformidades, e se controlada e acompanhada adequadamente não gera deformidades.
      As dificuldade para realizar alguma atividade pode ser relacionada à dor crônica, mas tratando com disciplina, vc se manterá assim..
      Se cuide bem e sempre!!!

  7. Vou assumir concurso publico e já tenho o laudo ortopedico dizendo q estou apta a praticar exercicios fisicos e que não tenho nenhum problema musculo esqueletico, e já passei pela prova de higidez fisica e teste fisico. Tive uma fratura no pe e uma cirurgia no ombro há 4 anos, eles podem me considerar inapto temporario e exigir exames complementares?

  8. oLÁ.. gostaria de saber se uma pessoa Portadora de DOENÇA DE Behçet, deve proceder nos concursos públicos? O inss , contrariando os médicos disse que ele estava apto para retornar ao trabalho, cancelando o benefício do auxílio doença, mas como ele ira ingressar no concurso publico se ele faz uso de imunussupressor… será que ele teria direito as cotas mesmo não apresentando deficiências fisicas???

    • Olá, Silvana, para concorrer a vaga pela lei de cotas, é preciso ter em mãos um relatório médico fornecido pelo reumatologista, atestando que a pessoa que tem a doença de behçet está em tratamento, com doença controlada por medicamentos e que têm mobilidade reduzida, citando os riscos biológicos e ergonômicos, com código da doença e prognóstico. isso é importante para fins de avaliação médica do concurso publico. Quanto ao INSS, para os casos de alta, tem-se a opção de entrar com pedido judicial através da justiça federal especial.Boa sorte!

  9. Bom dia, sou portadora de LES, porém a doença está em remissão, vou prestar um concurso público nas vagas normais, queria saber, se caso eu seja aprovada isso interfere na posse do cargo público?

    • Olá, Célli, não isso não interfere. Mas você, deve declarar ter a doença na pericia médica de admissão do cargo publico, se não, futuramente se vc precisar de algum tipo de afastamento, o empregador público pode declarar que vc tinha doença pré existente e omitiu. Boa Sorte!

  10. Olá Priscila. Gostaria de saber do meu caso. Estou pensando em começar a me inscrever nos concursos para as cotas. Tenho rim único de nascença, escoliose e mal formação óssea na clavícula, além de uma vertebra faltando na coluna. Eu teria algum problema em assumir como pne, sendo aprovado?

  11. Queria agradecer por essas informações e tirar uma dúvida!
    Eu estou fazendo tratamento para AR (Fator Reumatóide negativo, PCR elevada, VHS elevado e Waller Rose elevado) há uns 2 anos por convênio. Não tenho nenhuma deformidade ou incapacidade, e nem inicio de lesões, apenas dores leves e cansaço. Estou fazendo cursos para concurso e como minha medicação aumentou e agora entrei na farmácia de alto custo do sus, me veio a dúvida, se eu contar na perícia que tenho AR, possivelmente serei cortada e se eu não falar, e mais adiante (bem adiante) precisar de alguma condição especial, não terei direito e não sei como fica essa situação.
    O que vc me sugere? Contar ou não? Alguns concursos tem prova física para o qual já estou me preparando.
    Mesmo hj não tendo incapacidade nenhuma eles tem o direito de me cortar do concurso? e eu teria direito a vaga PNE?
    Obrigada…
    Parabéns pelo site, adorei

    • Olá, Patricia.
      Eu sou bem sincera!! Penso que deve contar sim…
      No emprego publico se entrar sem declarar doenças pré-existentes, e posteriormente por motivos de tratamento precisar faltar e levar atestado, o departamento médico pode negar a licença por doença pré-existente. Por isso, penso que deve-se sim, declarar a AR.
      Pode tbe escolher cargos como PNE, porém, é preciso ser aprovado em pericia do concurso para ser considerado PNE, mas como vc não tem nenhuma dificuldade e está até se preparando para a prova física, acredito que deve manter a busca por cargo comum + declarando a doença.
      Ou pensando no futuro e na preservação do desgaste articular, pode-se tentar as vagas PNE, porém, sob critérios pericial, precisará de um relatório médico completo e bem preenchido.

      Boa Sorte!!

  12. Olá! Estou prestando concurso público e sou portadora de AR, meu cotovelo direto tem movimentação limitada (não estico mais) porém não me inscrevi como portadora de necessidades especiais, minha pergunta é: caso eu passe na prova posso ser desclassificada devido à doença e ao meu cotovelo? Ficarei muito grata pela resposta pois estou com enorme dificuldade em arrumar um emprego devido a AR por isso resolvi tentar cargos públicos mas ainda não tinha em atentado a esses fatores.

  13. É um absurdo que os portadores de doenças auto imunes não tenham amparo legal para prestar concursos publicos…. precisamos fazer algo !!!!!

    Então nao nos enquadramos como deficientes e não podemos ingressar… alguem tem que dar uma soluçao para isso !!!!

    visitrarei , essa semana o mp do trabalho aqui em sp vou me informar!!

    • Bianca, o que concede o direito a vagas PNE nos concursos públicos é o estado geral (condição clínica, diminuição da mobilidade) e não a doença.
      Converse com o seu médico, pois para pleitear esse direito, você deve ter em mãos um bom relatório médico.
      Boa Sorte

  14. Tenho lupus sistemico leve e em crises, ataca minhas articulacoes porvocando bursite nos cotovelos…. Estou estudando para concurso, gostaria de saber se posso me enquadrar nas vagas especiais e que documentos necessitaria. Obrigada

    • Ana Cristina, o que configura a necessidade especial é condição clínica e não a doença, no caso da Esclerose Múltipla, é bastante comum as pessoas conseguirem direitos especiais, porém, tudo depende do comprometimento causado pela doença, mobilidade reduzida e é importante dizer que somente podem concorrer a concurso publico pessoas com doenças crônicas que tenham doença controlada (em remissão).
      Sugiro que entre em contato com alguma associação de Esclerose Múltipla.
      Boa Sorte, lute por seus direitos!!

  15. Ola, tenho LER (lesoes por esforços repetitivos) desde 1994 em 1995 fui reabilitada pelo INSS e recebo uma pensão vitalicia desde então… em 2010 quando o quadro piorou muito tive o aconselhamento médico para trocar de carro para cambio automático. fiz o processo de pericia médica e o Detran me deu laudo de Monoparesia e troquei minha CNH e meu carro inclusive com isenção de impostos. Com esse laudo posso me enquadrar na Lei de cotas e prestrar concursos publicos? inclusive para bancos? (que discrimina muito os lesionados)? grata, no aguardo.

    • Maria, como pessoa reabilitada pelo INSS você em direito explícito a concorrer a qualquer vaga de emprego pela lei de cotas, inclusive concurso público, o laudo da sua reabilitação no INSS é o seu comprovante de direito adquirido.
      Boa Sorte!!

  16. Boa Tarde,

    Tive uma endocardite, operei coloquei uma válvula aórtica metálica e marcapasso. Sou funcionário público, mas como carreira normal. Estou interessado em um outro concurso que tem vaga para PNE, gostaria de saber se posso concorrer ?
    Minha situação é nova, faz 1 ano e meio que fiz a cirurgia.
    Desde já agradeço.

    • Cristiane, o que classifica a pessoa para concorrer a vaga PNE não é a doença e sim a condição clínica. Importante, conversar com o seu médico sobre o seu comprometimento e necessidades especiais para o trabalho, pois para concorrer a vaga PNE é preciso ter um bom e esclarecido relatório médico.
      Boa Sorte!!

    • Aline, sim você pode fazer uso da lei de cotas, mas precisa de um relatório médico completo, descrevendo suas condições de saúde, seu estado geral, prognóstico e é muito importante constar que você tem artrite reumatoide e mobilidade reduzida, deve constar código da doença (CID.10).
      Boa Sorte

  17. Sou jovem e possuo osteoporose instalada e com fraturas.
    Faço concursos e sempre consigo aprovação, agora luto para estar dentro no número de vagas. Ultimamente andei pensando “qdo passar e ser chamada para fazer os exames médicos poderei ser barrada, considerada inapta? Sinto dores, tomo medicamentos para controle pois cura não existe.
    Posso concorrer às vagas PNE´s?

  18. Bom dia, Priscila!
    Sou funcionária pública há 2 anos. Sou fiscal de posturas e minha função me obriga a andar o dia inteiro.
    Comecei sentir muitas dores no pé direito. O médico pediu RX onde foi diagnosticado um osso que já tendo nascido com algum defeito e que por alguma razão atrofiou. Minha pisada ficou errada e o osso começa com um processo inflamatório, daí a dor.
    Gostaria de saber se com esse problema eu me enquadro como pne para prestar concursos.
    Obrigada desde já.
    Bjs

    • Stella.
      Para se enquadrar como PNE, é preciso um bom relatório médico contendo informações sobre a sua doença de base e suas doenças secundarias, constando o CID de todas elas e especificando suas limitações.
      É difícil responder se pode se enquadra ou não, somente com avaliação médica e geralmente quem faz a avaliação são os médicos do trabalho do próprio concurso.
      Boa Sorte.

  19. Priscila.. fiz cirurgia para correção de escoliose, tenho atrodese em quase toda coluna, com pinos e parafusos. Posso concorrer como PNE? Qual seria o CID adequado? Meu médico colocou no laudo o M41.1, mas estou com receio de que esteja errado.

    • Marcia
      Para se enquadrar como PNE, é preciso um bom relatório médico contendo informações sobre a sua doença de base e suas doenças secundarias, constando o CID de todas elas e especificando suas limitações.
      É difícil responder se pode se enquadra ou não, somente com avaliação médica e geralmente quem faz a avaliação são os médicos do trabalho do próprio concurso.
      Não existe CID padrão, o CID tem que ser o da sua doença.
      Boa Sorte.

    • Maykon, nossa especialidade é doença reumática, não estamos habilitados a responder a sua pergunta.
      Se a sua fatura foi corrigida, mesmo com uso de placas e parafusos e a função do seu braço está mantida, fica difícil concorrer a vaga PNE. Para concorrer a vaga PNE é preciso ter alguma limitação motora.
      Boa Sorte

  20. Terezinha Silva

    Fui procurada por um amigo que trabalhava na zona cerealista e teve de operar a coluna por duas vezes por ter carregado muito peso. Na Justiça trabalhista ele ganhou uma ação de indenização do 50% do salário por ter ficado limitado. N~~ao pode pegar peso nenhum, nem fazer muito esforço. Ele passou num concurso publico e o médico o reprovou dizendo que ele n~~ao é Deficiente. Entra com Mandado de Segurança??? Por favor ajude-nos.

  21. Olá, sou deficiente auditiva CID: H90.5 , quero me inscrever em um concurso para EDITAL IFRR_2013 nível superior – Analista de Tecnologia da informacão, mas no edital não consta vagas especiais, gostaria de saber se posso me inscrever normal.??? alguém pode me ajudar??? obrigada.

  22. Olá, me chamo Michel, tenho 27 anos e descobri esse ano que estou com Sarcoidose Pulmonar no pulmão esquerdo, (tem numero de identificação no CID, só não me recordo no momento). A sarcoidose é uma inflamação no pulmão, que me causa cansaço físico, e estou tratando essa doença com corticoides (prednisona) 40mg ao dia, e esse corticoide é um remédio muito forte que para tratar desse problema (sarcoidose) acaba gerando inúmeros outros como indução a diabetes, osteoporose, glaucoma e etc….
    Posso concorrer a vaga de pne? agradeço a atenção!

  23. TENHO LOMBALGIA CRONICA E FAÇO EXERCICIOS MAS TENHO ALGUMAS CRISES FORTES QUE NÃO CONSIGO TRABALHAR E AS VEZES NÃO CONSIGO FICAR EM UMA DETERMINADA POSIÇÃO, VCS ACHAM QUE COM ISSO POSSO CONCORRER A PNE

  24. Olá, sou Suely e a cerca de um mês descobri ser portadora de Glaucoma em estágio inicial, e ot ratamento é o uso contínuo de colírio e pelo resto de minha vida acontece que em pretendo me inscrever em Concurso paa a Guarda Municipal de minha cidade, porém no Edital informa as condições incapacitantes para ingresso no Quadro de Pessoal, e agora tenho receio e incertezas se posso ou não me inscrever. Também concordo com a pessoa do comentário anterior quando ela mencionou que não importava o grau de deficiência do individuo, e o que relamente importava era estar apto e capaz para cumprir as funções, desempenhar o trabalho. E digo mais, tem muitas pessoas sem nenhum tipo de problema fisico ou mental, que são 100% sãos, que não cumprem com o se dever. Quem tem algum problema tem que se desdobrar para provar que é capaz.

  25. Boa noite, meu primo tem 39 anos e desde sua adolescência sofre de úlcera varicosa e a mais ou menos três anos se encontra afastado pelo INSS.As feridas em suas pernas já ficaram enormes, porém, agora estão bem menores mas ele necessita de cuidados especiais duas vezes por semana, não consegue ficar de pé muito tempo e não consegue calçar sapatos. Gostaria de saber se essa doença crônica se configura em doença suficiente para que ele seja considerado PNE e qual é o procedimento para tal.
    Obrigado.

    • Rodrigo, é difícil te dar essa resposta.
      As úlceras varicosas devem ter uma causa, e para tudo isso um CID.10.
      E para qual finalidade ele deseja ser considerado PNE?
      Nosso trabalho é voltado a pessoas com doenças reumáticas, por isso, não estamos habilitados a te dar essa resposta.
      Obrigada!!

  26. Boa tarde!
    Minha irmã tem uma cardiopatia côngenita, chamada Atresia da Válvula Tricúspide, desde de criança ela tem muitas limitações, pois o coração dela é mais “fraco”…
    Gostaria que me indicasse um site (lei ou regulamento) que indique o rol de doenças que considera a pessoa PNE.
    Obrigada!
    Daniela

  27. Olá Gostaria de tirar algumas duvidas,
    sempre concorro a concursos públicos, e tenho duvidas em relação a doenças cronicas serem consideradas PNE, tenho Asma, Ulcerá, rinite alérgica, e 3 dedos em uma mão quebrados e tortos, em algum desses caso posso ser considerado deficiente?

    • Olá, Samuel.
      Eu confesso que diante da sua descrição, até eu fiquei em dúvida se você se enquadra dentro da lei de cotas como PNE!!!
      Adianto que pelo Asma, Ulcera ?? que tipo de úlcera?? e rinite alérgica, não existe possibilidade e enquadramento.
      Agora, pelo 3 dedos da mão quebrados e tortos, acredito que dá para começar a pensar sobre isso, te oriento a buscar informação com o conselho da pessoa co deficiência da sua cidade e também converse com o seu médico, sobre os dedos, pq os dedos estão quebrados? tbe te falo, que não entendi, 3 dedos não podem ficar quebrados, eles ja devem ter consolidado a fratura, qual o CID das deformidades dos seus dedos?
      Te escrevo por e-mail.

      Abraços!!

  28. Oi Priscila!
    tenho dermatopolimiosite. Ela é parente do lúpus. Causa fraqueza muscular proximal e lesões vermelhas na pele. Estou com a doença controlada, recuperei parcialmente a força, mas ainda não consigo subir escadas com facilidade, carregar peso, correr, levantar de assentos baixos… aparentemente sou perfeita, mas convenhamos: é um saco ter que dar explicação quando a pessoa te olha torto pensando “o que essa guria quer se dizendo deficiente?”. Estou incapacitada para dirigir veículos comuns. Consegui um laudo do Detran dizendo que eu possuo tetraparesia. Isso me torna apta a concorrer às vagas de PNE em concursos públicos? Estou buscando esta alternativa pq quando tive alta médica, a perita do INSS me recomendou que eu me tornasse servidora. Hj trabalho num grupo de comunicação aqui no RS, amo meu trabalho, mas como a doença é crônica e não se sabe a sua evolução, ela me sugeriu isto. Agora tô nessa luta…

    • Olá, Aline
      O laudo que o Detran te forneceu, serve como comprovante da necessidade especial, sugiro que tire uma cópia autenticada deste relatório.
      A lei de cotas, não precisa ser especificamente para cargos públicos, você pode também pleitear a vaga em empresas privadas.
      Boa Sorte!!!
      Abraços

  29. Tenho Síndrome de Sjögren, mas atualmente não tenho sentido os sintomas, e aí não posso fazer concurso, como isso funciona, e se eu passar posso assumi com recurso? Quero concurso da PF, cargo de delagada. Obrigada pela ajuda!

    • Flávia, para concorrer a vaga de PNE com defict visual, é preciso ter os índices de perdas estabelecidos por lei. Sugerimos que entre em contato com associações como o Laramara (www.laramara.org.br) e converse com seu médico.
      Boa Sorte

  30. Obrigado pelo site. Vou consultar, mas concordo contigo. Um advogado já me disse para terminar o estágio probatório e depois eu apresento o laudo. Não tenho certeza se vou esperar.

  31. Olá, sou Sebastião sou portador da sindrome de asperger. Fiz vários concursos, passei, mas não trabalhei por muito tempo. Atualmente, fiz um da prefeitura para vigia.Com ajuda da minha esposa, fiquei até agora, mas veio a insonia e tenho que tomar remédio para dormir, só que as vezes eu durmo. Resolvi levar um atestado para pedir mudança de turno, da noite passar para manhâ. Mas ele admitiu que posso até ser demitido pois não fiz concurso para deficiente ou PNE. Estou pensando em sair e tentar um concurso para deficiente ou PNE, pois quero ajudar minha esposa de alguma forma,pois muitas vezes ela não me compreende.

    • Olá, Sebastião.
      Você precisa consultar um advogado, pois ao assumir uma vaga de pessoa sem deficiência, não temos o direito de exigir condições especiais de trabalho, por isso, podemos ocupar as vagas de pessoas com deficiências.
      Eu sugiro que você escreva para uma amiga muito atuante na Síndrome de Asperger, ela se chama Ana Ruiz, ela poderá te orientar melhor. Nosso blog é de doença reumática.
      O e-mail da Ana é ana@apade.org.br
      Site: http://www.apade.org.br

      Boa sorte!!

  32. Oi, preciso de ajuda e esclarecimento. Meu nome é Sebastião e sou portador da sindrome de asperger, me classificava em alguns concursos era chamado e não ficava por muito tempo.Não me sentia bem com cobranças demais e ficava sempre perdido. Atualmente, fiz concurso como pessoa normal e passei para vigia por achar que o serviço era mais leve. Mas me apareceu a insonia e a desatenção e desinteresse nas coisas. Levei uma atestado médico para o secretário do município que ficou de me dar uma resposta se pode me mudar de turno, ou seja para o matutino e vespertino. Mas ele disse que pode dar a demissão, porque não concorri a vaga de deficiente. Estou pensando em desistir ddo emprego e tentar um para deficiente mesmo ou fazer alguma coisa autonoma.

    • Olá, Sebastião.
      Você precisa consultar um advogado, pois ao assumir uma vaga de pessoa sem deficiência, não temos o direito de exigir condições especiais de trabalho, por isso, podemos ocupar as vagas de pessoas com deficiências.
      Eu sugiro que você escreva para uma amiga muito atuante na Síndrome de Asperger, ela se chama Ana Ruiz, ela poderá te orientar melhor. Nosso blog é de doença reumática.
      O e-mail da Ana é ana@apade.org.br
      Site: http://www.apade.org.br

      Boa sorte!!

  33. Janaína Barnabés Olá querida fundadora deste blog. Priscila você tem sido de grande conforto em minha vida! Tenho sofrido de dores constantes a uns 10 anos e nunca pude imaginar que as tais dores ficariam mais fortes ao ponto de me deixar inválida por dez dias em 2011,quando iniciei um curso de graduação na área de letras e literatura. As emoções que vivi naqueles dias foram tantas que fiquei imóvel encima de uma cama e passei três meses sem me relacionar com meu esposo,causando grande sofrimento para o nosso casamento, pois ele achava que eu o estava evitando. Nesse anos todos já fiz inúmeras biópsias, várias ressonâncias, vários exames de Rx e várias tomografias ,essas bem atuais, já fiz três em um curto espaço de tempo. Inúmeros exames ginecológicos, todos com baixa imunidade e grande quantidade de cândida. No início de 2012 fui diagnosticada com clamídia trachomatis igge com oligoartropatia e poliartralgia. Tenho protusão discal em todas as vértebras do pescoço e uma hénia de início.Na lombar tenho outra protusão.,tenho dores no quadril direito que irradia pra perna também direita e que são insuportáveis, e para completar sou obesa, hipertensa grau 1 e estou com pré-glaucoma em ambas as vistas que pode ter ocorrido pelo uso contínuo da cortisona, que tomo diariamente 40 gramas e mais uma série de anti depressivos …Mesmo assim minha reumato e meu oftalmo estão me enrolando para me dar o laudo onde descreve que tenho uma doença e que é grave por que se não para que a medicação? recolho o inss e não posso dar entrada , pois na minha condição não posso trabalhar e estou assim perdida . Você conhece algum hospital público de referência ou medico que atenda pela Unimed que seja especialista aqui no rio …Obrigada e aguardo respostas Abraço!

  34. Boa noite,me chamo Jucileia e estou com duvida sobre o concurso do correio ,tenho diabetes e nao sei se posso me candidatar a vaga, ja que o trabalho que me proponho nao sera necessario teste fisico,e se caso puder, como seria a forma correta de me inscrever,portador de deficiencia , PNE ou comum?
    Obrigado pela atencao.

    • Jucileia, até onde eu sei, o Diabetes por si só, não confere o direito de concorrer a vaga pela lei de cotas, e mesmo que fosse uma doença que dá direito claro a lei de cotas, as profissões e cargos que exigem teste físicos, não tem abrangência para pessoas com deficiências (digo, a maior parte delas). Mesmo pq dependendo do cargo, a doença ou deficiência pode ser incompatível com a profissão.
      Ps: se o diabetes gerou uma deficiência ou mobilidade reduzida a situação pode ser favorável.
      Boa sorte!!

  35. Priscila Torres queria saber se eu posso mim escrever como PNE, pois tenho um problema na minha perna esquerda, não consigo fica em pé por muito, pois minha perna é muito selada, em tempo de quebrar!

  36. Venina..

    Desculpe a demora !!
    Bem.. realmente você não pode se inscrever sem declarar a doença, pois depois configura doença pré-existente e só pra vc ter idéia, eu assumi um cargo na secretaria de saúde/sp em fev de 2006 e em junho/2006 eu comecei a ter dor e logo veio o diagnóstico da AR.. Hj 5 anos depois o departamento médico do estado, está investigando para saber se eu tinha doença pré-existente e todos os meus médicos receberam um pedido de esclarecimento. + eu ñ tinha doença estou tranquila, ganho a causa.

    Agora, vc pode sim, se inscrever como PNE por sermos considerados pessoas com mobilidade reduzida, ainda + pelos seus joelhos..

    Se inscreva como PNE e peça a seu médico um relatório detalhado da sua situação clínica, vc vai precisar dele na pericia ou para fazer a prova como PNE ou para ir na pericia de admissão.

    Boa sorte.
    Bjs

  37. pri me ajuda a esclarecer uma coisa consequi o auxilio doença na justiça ja vou receber o segundo mes , a minha cidade abriu o edital do concurso eu quero fazer como portadora de necessidades especiais so q eu li o edital e nao entendi onde me enquadro e aq todos dizem q nao tenho direito o meu medico me disse q eu nao enquadro pq sou portadora de doença auto imune e nao deficiente ai expliquei pra ele q eles pode me barrar com vc explicou como doença pre existente ele me disse se correr o bicho pega se ficar o bicho come achei tao estranho , como e o atestado q ele tem q me dar e igual o da pericia me ajuda por favor mais uma vez.bjs venina helena ilicinia mg

  38. Olá..

    Sim, você deve se inscrever como pessoa com deficiência, se tiver a opção, selecione "Mobilidade Reduzida", provavelmente, ainda na inscrição devem pedir documentos que comprovem a deficiência. O grande segredo está no relatório do seu médico assistente, pegue relatório de todos os médicos, e sempre enfatize que apesar da doença e das sequelas da doença, você bom estado de saúde geral, necessitando apenas de condições especiais para o trabalho.

    Inscrevendo-se como Pessoa com Deficiência, automaticamente o exame físico será excluído.

    Não desista!! .. e depois volte aqui para nos contar..
    Abç.

  39. Ola Priscila, meu caso e o segunte quero prestar concurso para Policia Civil, na qual teria que fazer prova fisica, pois tenho um problema no femur e na bacia, na qual o relatorio dos medicos que me avaliarao; OSTEOFITOS E ESCLEROSE DO TETO ACETABULAR.
    REDUCAO DO ESPACO ARTICULAR COXO FEMURAL D.
    DEFORMIDADE DA CABECA DO FEMUR D.
    Com estes relatorio posso me considera PNE. pq se depender de prova fisica, nao dou conta.

  40. Dorsalgia (M54) é algo que após a cirurgia, costuma melhorar consideravelmente, eu não sei te dizer com exatidão se tem direito a concorrer a vaga PNE, tudo depende se a partir deste diagnóstico, você apresenta alguma limitação física (como por exemplo mobilidade reduzida)..

    Existe uma relação CID x Grau de incapacidade fisica(CIF) .. Isso somente quem pode definir é seu médico assistente.

    Boa Sorte..

  41. Fiz artrodese de L4L5 L5S1 se não me engano o cid é m54,perguto:tenho direito a isenções de impostos,posso concorrer em conncursos com pne?

  42. Olá, Verônica.

    Eu defendo que qualquer pessoa que tenha uma doença crônica que afete brutamente a sua condição de vida e mobilidade, tem direito a lutar pela lei de cotas. Porém, em fibromialgia ainda não conheci ninguém que tenha conseguido este direito + isso não é motivo para vc desistir.

    penso que vc deve insistir e recorrer, não aceite NÂO como resposta, quando ouvir um NÂO diga, Porque não?

    Lute pelos seus direito e faça história, vc pode conseguir, basta seguir os caminhos direitinho.

    Bjs

  43. OLA PESSOAL, BOM DIA,
    TENHO FIBROMIALGIA E COMO VCS SABEM A COISA NAO É FACIL… GOSTARIA DE SABER SE VCS CONHECEM ALGUM CASO DEALGUEM COM FIBROMIALGIA QUE CONCORREU AS VAGAS DESTINADAS A DEFICIENTES EM CONCURSOS PÚBLICOS. SERA QUE TENHO DIREITO?

    VERONICA

  44. Oi, Nadia ..

    Temos direito de usar a lei de cotas, como pessoa com mobilidade reduzida. As exigências para ficam por conta de cada universidade, porém a maioria solicita um laudo médico comprovando a doença. Aviso ñ é facil + temos direito sim e não devemos parar no primeiro não..

    Boa Sorte e depois volte para nos contar..

    Bjs

  45. Olá Priscila, Meu nome é Nádia, sou de Volta Redonda. Sou Portadora de AR…estou fazendo Pré-Vestibular e vou concorrer uma vaga na UFF, gostaria de saber se posso concorrer pelo PNE? Se posso!? Como faço?

    Beijos…
    Nádia

  46. Marcilene..

    Pelo Glaucoma vc só pode ser considerada pessoa com deficiência se tiver sérios compromentimento da visão + tipo visão quase zerada.. Vc tem artrite ou outra doença??

  47. olá pri, tenho glaucoma mais graças a Deus minha visão ainda está boa, pois descobri a tempo e faço tratamento, gostaria de saber se sou considerada com pne.
    marcilene

  48. Olá, Sonia.

    Obrigada por compartilhar sua experiência.Que sirva de incentivo para outros, pois insisto, temos o direito sim e devemos fazer vale dos nossos direitos.

    Bjão

  49. Olá, sou portadora de AR há quase 10 anos e ja tenho deformidades nas mãos (uma inclusive terei q colocar protese) Há algum tempo estudo pra concurso público, e somente qdo consegui no DETRAN autorização para tirar carteira como PNE me atentei para o fato de concorrer às vagas de PNE em concursos. Desde então, me inscrevo como PNE e passei em alguns, inclusive pelas perícias e todos me aceitaram como apto a ocupar vaga reservada à PNE.
    Abraços a todos e parabéns pela inicicativa Pri,

  50. Olá,Jannayna.

    Obrigada por compartilhar conosco.
    A troca de informações é fundamental para nós portadores de doenças crônicas.
    Eu acabo de chegar do IV Fórum Debate Brasil para a Convenção da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Eu serei eternamente defensora de que pessoas portadoras de doenças crônicas tenham direito de ocupar as vagas destinadas a Cotas para Deficientes, as vagas de concursos públicos e enfim.. Saiba que o Dr.
    Ricardo Tadeu Marques da Fonseca – Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 9ª Região é portador de Deficiência Visual e há 20 anos atrás teve uma vaga em concurso público indeferida por ser portador de deficiencia visual e hoje ele é DESEMBARGADOR a formação dele é direito e ele é defensor da reabilitação e habilitação, mas para isso devemos nos incluir e fazer valer nossos direitos como portadores de doenças crônicas levando informação para os outros pacientes e com isso aumentar as nossas forças e atingir nossos objetivos.
    Te peço que sempre que possível nos dê noticias de como esta o processo PNE do seu marido e também, sabendo de novidades post aqui.

    Obrigada!
    Estou te respondendo por e-mail tbe.

    Bjs.

  51. Oi, não tenho nenhuma doença séria, mas meu marido é portador de lupus eritematoso sistémico e, como somos advogados, começamos a estudar para acharmos uma brecha na lei para que ele possa fazer provas como portador de necessidades especiais (já que o lupus causou uma doença renal crônica e uma doença (SAF) que causa diversas tromboses). Já achei uma decisão favorável para uma senhora que fez o concurso dos correios, a banca negou e a justiça confirmou. Acabei de receber uma apostila que fala dos direitos dos portadores de doenças especiais… Mais notícias, vou postando aqui no blog. Se alguém quiser a apostila, vou deixar meu e-mail.
    jannaynamo@terra.com.br

  52. Oi, Gilson.

    Eu acho que não existe uma relação de CIDs que podem ser considerados PNEs, existe doenças como por exemplo a artrite, que um portador consegue viver como uma pessoa que não tem a doença, porém outros portadores tem limitações que os tornam PNEs, acredito que não seja a doença que determine ser ou não PNE e sim a condição e estágio da doença.

    Infelizmente eu não tenho experiência com este tipo de doença, entendo e vivo uma doença reumática sugiro que você procure a associações que lidam com estas doenças, vou indicar uma que um amigo meu frequenta a ABRATA + segue um link onde você poderá conhecer várias associações em todo o Brasil, acredito que eles saberão como te responder com segurança.

    ABRATA – Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos

    Web: http://www.abrata.com.br

    E-mail: contato@abrata.com.br

    Endereço: Av. Paulista, 2644 – 7º andar- Conj. 71, São Paulo – SP, CEP 01310-300

    Telefone: (11) 3256-4831

    E neste link, você encontrará uma lista de grupos de apoio à portadores das mais diversas patologias psiquiátricas.

    Espero que consiga achar os caminhos das pedras e resolver a colocação profissional do seu filho.

    Precisando, estou a disposição!!!

  53. O problema Priscila que nao sei se asperger é considerado necessidade especial ..entende ? so que asperger tem dificuldade de lidar com publico etc…mas a caixa tem serviços internos ..a minha duvida hoje ..é se voce conhece advogados que lutam por pessoas com estas dificuldades para emprego .e que sejam competentes….é complicado nao acho a classificação do CID das doenças consideradas PNE . onde conseguiria no SUS ?

  54. Olá, Gilson.

    Pelo que entendi, seu filho foi aprovado no concurso da Caixa, porém, ele se inscreveu na vaga comum e não na vaga destinada aos PNEs (portadores de necessidades especiais)….. Complicado a situação, acredito que ele deveria ter prestado o concurso como PNE, agora, só resta falar a verdade e no dia do exame médico admissional levar um relatório do médico psiquiatra que o acompanha, esclarecendo sobre a sua doença, se por acaso ele for declarado inapto, ai caberia recurso, no primeiro momento administrativo e se não resolver um processo judicial, temos que lutar pelo nosso espaço, não desista. Mas sugiro que ao prestar um novo concurso, ele no ato da inscrição já declare que é portador de necessidades especiais, isso evita aborrecimentos e aumenta a possibilidade de conquistar um cargo público estável sem aborrecimentos.

    Obrigada pela visita e volte aqui para nos contar como foi resolvida essa situaçao.

    Abç.

  55. Amigo … meu filho tem capacidade intelectual preservada,é muito inteligente , passou no banco do brasil mas foi barrado no periodo de experiencia.Passou agora na caixa economica e estou vivendo um dilema Já foi classificado como transtorno obsessivo , depressão , tem dificuldade em relacionar , é timido ,,mas muito inteligente . No entanto ja teve panico etc.. Como nao se declarou ter estes problemas , naos sei o que fazer .antes que a caixa economica o chame .Falamos a verdade . Procuramos o medico dele psiquiatra , levamos um relatorio e lutamos na justiça pelo direito dele ao trabalho . Ele poderia ser aproveitado em serviços internos da caixa ou do banco ..seu panico vem muito em publico …vou consultar ainda o dr salomao schwartzam ..pois estamos desconfiados em sindrome de asperger ..pois ele é muito inteligente ,,mas tem o olhar distante ..e falta de atençao ..me de uma luz por favor ..meu email ..gilson.mesquita2@gmail.com

  56. Oi flor, tudo bom, quer dizer espero que esteja, conheci seu blog hoje, tenho minha "companheira" artrite há 18 anos e sofro muitas dores , apesar de tomar Orencia já a dois anos,gostaria de perguntar se a doença causou algum dano a sua vista, eu tenho Glaucoma no olho esquerdo, não consigo enxergar de perto e agora vou usar oculos pra longe tbm.Meu e-mail deb_catblack@yahoo.com.br,quem quiser me responder e compartilhar a dor nossa de cada dia me escreva e prometo visitar sempre vc. Uma amiga como vc. sabe o que estou passando. Me escrevam pessoal, beijos.Meu nome é Débora.

  57. Olá, Luiza, se não me engano vc postou na comunidade LES no orkut, foi um comentario muito parecido. Então, concordo com vc que não temos condições físicas para 5 horas de provas, e essas 5 hs irá gerar uma situação de stress e consequêntemente aumentar nossa dor e parestesias.
    Eu acredito que devemos lutar pelos nossos direitos de sermos legalmente e oficialmente considerados PNE.
    Em casos como este podemos usar brechas das leis como por exemplo: Enquadram-se como PNE quem possua Alguma perda ou anormalidade das funções ou da estrutura anatômica, fisiológica ou psicológica do corpo humano;…

    No caso de vestibular, acredito ser cabivel um recurso administrativo na própria universidade e se negado, pedido judicial.

    Boa Sorte, apesar das dificuldades, não desista de seus direitos, insista e vc vai conseguir.

    Abçs.

  58. Olá, sou Luisa e tenho 24 anos.
    Sou portadora de Sjogren, além da xeroftalmia, xerostomia, xerodermia e fadiga, tenho vasculite, neuropatia e fenômeno de Raynauld.

    Estou querendo prestar vestibular para a UERJ, e queria muito concorrer as cotas.

    Porém, os portadores de doenças autoimunes não são considerados como deficientes pela lei.

    Segundo os editais dos vestibulares anteriores da UERJ, as cotas são oferecidas para 3 tipos de deficiência: visual, auditiva e motora.

    Alguns de nós, portadores de sjogren, lupus, ar, saf, não tem a mesma resistência física pra aguentar a pressão psicológica, e a duração de 5hs ininterruptas de uma prova de vestibular ou de um concurso, como as pessoas saudáveis. Infelizmente portadores de doenças autoimunes não tem amparo da lei.

    Estamos no meio do caminho, não somos deficientes, mas estamos longe de ser saudáveis.

    Vou em um neurologista esta semana, ver se consigo me enquadrar em monoparesia devido a neuropatia. Se não conseguir, vou ter que concorrer como normal, fazer a prova em tempo normal, e sem dúvidas será um grande desafio!

    Sobre o fato de ser ou não justo ocupar uma vaga de PNE, se tivermos amparo pela lei, é justo sim. Não importa o grau de deficiência, o que importa é ter aptidão e capacidade para cumprir as funções.

    Abraço a todos

    • Olá, vou prestar uma prova de concurso para professor, e na hora que imprimir o local de prova, percebi que tinha assinalado sem querer que era portadora de deficiência, mas não sou, nas outras opções referentes a deficiência, marquei não, terá algum problema em fazer a prova?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>