Dia Mundial da Artrite Reumatoide em Ribeirão Preto -SP

Destacado

Download PDF

gruparAcontece neste sábado, (25 de Outubro de 2014) às 09 horas, ciclo de palestras alusivas ao Dia Mundial da Artrite Reumatoide em Ribeirão Preto São Paulo
Local: Câmara Municipal de Ribeirão Preto
Endereço: Av: Jerônimo Gonçalves, 1200 – Centro – Ribeirão Preto
Informações: (16) 3941-5110

Tema das Palestas:

Tratamentos das Artrites, o que temos de novo – Palestrante: Prof Dr Flávio Calil Petean – Médico Reumatologista

Osteoartrite – diagnóstico e tratamentos – Palestrante: Prof Dr Renê Daniel de Oliveira – Médico Reumatologista

Artrite Reumatoide Diagnóstico e tratamentos - Palestrante:  Dr Patrícia Rolin – Médica Reumatologista

Artrite Idiopática Juvenil – Palestrante: Dra Gelcimara Pileggi – Médica Reumatologista

Cuidados com as articulações – Palestrantes: Terapeuta Ocupacional Ana Magnani

Durante o evento teremos atividades lúdicas e motivacionais. Distribuição de brindes exclusivos e bastante útil para o dia a dia da pessoa com Artrites.

Inscrições através do formulário eletrônico abaixo:

 

PDF Creator    Enviar artigo em PDF   

2º Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas em Redes Sociais da Saúde

Download PDF

2º Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas em Redes Sociais da Saúde, acontece em novembro na cidade de São Paulo

Presenças confirmadas da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC), Secretaria de Atenção à Saúde e Blog da Saúde (Departamento de Comunicação do Ministério da Saúde).

08-11-Completo

Antes mesmo de consultar um médico generalista, o brasileiro demonstra interesse em pesquisar nos buscadores quais são os seus sintomas. E mesmo depois da consulta, lá vai ele pesquisar o tratamento proposto, buscando conhecer experiências de outras pessoas com as mesmas condições que as suas.
Não raro, os blogs e redes não oferecem padrão de segurança e qualidade nas informações que veiculam e o internauta, muitas vezes, encontra dados confusos e errôneos sobre tratamentos alternativos – sem consensos médicose regulatórios. Essa informação pode influenciar negativamente a sua saúde, às vezes com comprometimento irrecuperável.

Informação de qualidade

Avaliando o impacto que a informação dos blogs e das redes podem causar na vida de quem lê, o Grupo EncontrAR e GRUPAR-RP organizou o II Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas em Redes Sociais da Saúde. O evento que pode reunir até 400 pessoas ocorrerá dia 08 de novembro de 2014, um sábado, das 09 às 17h, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo, e contará com a presença de blogueiros e ativistas em redes sociais da saúde de todo o País.
A participação é gratuita, a inscrição deve ser feita por meio do preenchimento de um formulário eletrônico, disponível no blog www.blogueirosdasaude.org.br. Haverá a distribuição de brindes e sessão de perguntas.
A realização do evento tem o apoio institucional do Blog da Saúde (Ministério da Saúde), Hospital Israelita Albert Einstein, Interfarma, Instituto Oncoguia, Evidência Credibilidade Cientifica, Portal Sentir Bem, Empreender Saúde, Orientavida, AME – Amigos Múltiplos pela Esclerose Multipla, ABEM – Associação Brasileia de Esclerose Múltipla,Vereador Marco Aurélio Cunha e Deputada Federal Mara Gabrilli.

A quem se destina o 2º Encontro?

• Blogueiros e ativistas digitais que abordam o temasaúde;
• Aspirantes a blogueiro;
• Administradores de Grupos e Fanpage no Facebook;
• Estudantes e Profissionais de Comunicação e Mídias Sociais;
• Estudantes e Profissionais da saúde.

Temas abordados

Mesa 01: Caminhos de uma nova Tecnologia em Saúde“Como chega aos pacientes”

Avanços na Saúde –Inovações nas Pesquisas com Células Tronco
Desmistificando a pesquisa clínica
Pesquisa Clínica: participando de forma ativa e responsável
O que é Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas do Ministério da Saúde, como contribuir?
Uso Racional de Medicamentos

Mesa 02: Saúde nas Redes
Blog da Saúde – Ministério da Saúde

Mesa 03: Dr. Google veio para ficar!
Dr. Google – Relacionamento Médico x Blogueiro x Paciente.

Mesa 04: Direitos em Saúde
Direitos Digitais do Blogueiro da Saúde

Mesa 05: Criação de Posts – Comunicação Social em Saúde
Boas Práticas em Blogs e Redes Sociais da Saúde
Sabe o que escrever, mas não sabe como?
Redes Sociais da Saúde

Mesa 06: Blogueiro EUEmpreendedor
EuEmpreendedor– Descobrindo o Blogueiro Empreendedor
Monetização e sustentabilidade de Blogs e Redes Sociais da Saúde, como monetizar?
Mídia Kit, o que é e como usar?
Métricas de Blogs e Redes Sociais
Gerando conteúdo e conquistando apoiadores

Serviço

2º Encontro de Blogueiros e Ativistas em Redes Sociais da Saúde

Quando: 08 de novembro de 2014
Horário: 09 às 17 horas
Local: Câmara Municipal de Vereadores – Salão Nobre
Endereço: Viaduto Jacareí, 100 – Bela Vista.
Inscrições: http://www.blogueirosdasaude.org.br/?p=1166

Inscricao-Encontro-Geral

PDF24 Creator    Enviar artigo em PDF   

Pessoas com Doença de Crhon e Colite Ulcerativa, participe de pesquisa remunerada em São Paulo

Download PDF

O centro de pesquisa Provockers, recruta voluntários com Doença de Crhon e Colite Ulcerativa, para participar de pesquisa remunerada em São Paulo, nos dias 29 e 30 de Outubro de 2014.

A pesquisa será realizada através de participação de Workshop, com duração de 04 horas, os participantes receberão um incentivo financeiro no valor de R$ 315.00.

Para participar é necessário preencher os seguintes requisitos:

  • Ter  Doença de Crhon ou Colite Ulcerativa
  • Fazer uso de um dos medicamentos biológicos – Adalimumabe (Humira) ou Etanercepte (Enbrel)
  • Residir em São Paulo e poder participar do Worshop em um dos dias (29 ou 30/10/2104)

Interessados devem preencher o formulário eletrônico abaixo e aguardar contato telefônico que será realizado pelo centro de pesquisa Provockers.

Criar PDF    Enviar artigo em PDF   

O que é Artrite Reumatoide?

Download PDF
A artrite reumatoide (AR) é uma doença autoimune, o que significa que o sistema imunológico do corpo ataca os tecidos articulares por engano, causando inflamações.
Trata-se de uma condição inflamatória que afeta as articulações do corpo causando dor, enrijecimento e inchaço podendo progredir com o tempo.
A causa da artrite reumatoide é desconhecida – infecções, genes, mudanças hormonais e fatores ambientais, como o cigarro, podem estar relacionados com a doença.
Sintomas
Há diversos sintomas que podem ser manifestar alertando para a presença da doença. Caso possua um ou mais, conforme descrito abaixo, procure um reumatologista.
Sintomas comuns
  • Enrijecimento matinal
  • Vermelhidão
  • Dor
  • Inchaço
Sintomas menos comuns
  • Inflamação nos olhos
  • Nódulos Reumatóides
  • Perda de peso
  • Cansaço
  • Depressão
Como a Artrite Reumatoide pode afetar você
A maioria das pessaoas com artrite reumatoide apresenta dano em algumas das articulações, mas como a doença se manifesta de diferentes formas, é difícil prever como irá progredir.
  • 75% relata que em determinados dias a dor e o inchaço nas articulações não incomodam tanto. Já em outros, esses mesmos sintomas se manifestam intensamente.
  • 20% terá apenas os sintomas mais suaves da doença.
  • 5% desenvolverá a doença em sua forma mais agressiva, causando incapacidade funcional.
Consequências
A artrite reumatoide pode:
  • Interferir na sua capacidade produtiva tanto no trabalho quanto nos estudos.
  • Interferir no humor e no modo como interage com as pessoas a sua volta;
  • Causar exacerbações
Importante
Converse com o seu reumatologista. Ele pode ajuda-lo a entender como  a doença afeta a sua qualidade de vida e como você pode contornar os problemas mais graves.
Info AR Despertar

PDF Converter    Enviar artigo em PDF   

Ana Elisabete Farias Soares

Download PDF

Comecei a ter rigidez matinal e dores nas articulações aos 44 anos, depois de mais ou menos um ano indo a médicos clínicos e ortopedistas me diagnosticaram com Fibromialgia, mas as medicações que me davam não me tiravam as dores, foi dai que fui em um reumatologista, que era médico de minha mãe, e ele me pediu  uma bateria de exames, nos quais foi diagnosticado a AR,  comecei um tratamento com reuquinol 400, metrexato, amtriptilina, prednisona 5mg, por algum tempo tive um efeito bom por algum tempo, essas crises se tornaram constantes diversas vezes nesses últimos seis anos, o médico aumentou muito a minha dose de corticóide e tive uma faceite necrotizante por uso continuo e alto desses medicamentos, tive que fazer uma cirurgia de urgência, depois disso passei a me tratar no HC de Porto Alegre na medicina interna, e o tratamento está me fazendo bem, tenho dores, mas suportáveis, hoje tomo, prednisona 7,5 mg ao dia, 8 comprimidos, de metotrexato por semana, 1 comprimido de amtriplina por dia, fluoxetina 25mg pela manhã, 8 gotas de aderogyl ao dia, 2 comprimidos de cálcio ao dia, 2 comprimidos de ácido fólico dois dias após o metotrexato, 1 comprimido de alendronato por semana e 4 comprimidos de paracetamol 500mg ao dia…

Depoimento4

Ana Elisabete Farias Soares foi diagnosticada com artrite reumatoide aos 44 anos, hoje com 50 anos e 6 anos de convívio com a artrite tem também diagnóstico de fibromialgia e artrose é divorciada e teve filho(os as) antes do diagnóstico

Impressora PDF    Enviar artigo em PDF   

Palmilhas aliviam a dor nos pés e auxiliam na caminhada

Download PDF

palmilhasA palmilha é considerada um tipo de órtese, e é definida como uma interface colocada no sapato de uma pessoa para reduzir ou dispersar forças com potencial patológico no pé ou outras partes do membro inferior.

O pé, base do corpo humano quando em marcha, recebe forças verticais do corpo e as dissipa de forma horizontal no pé.

O pé necessita ser uma alavanca rígida na impulsão e também tem que se acomodar às irregularidades do terreno e absorver as cargas. A forma torsional de algumas articulações se destinam a ajudar a absorver a rotação imposta ao pé apoiado, enquanto os membros inferiores avançam alternando rotação interna e externa.

As palmilhas estão indicadas em desequilíbrios estruturais ou posicionais do pé; perda da capacidade de absorção do choque; áreas sensíveis à pressão e lesões desportivas.

A decisão de seu uso deve basear-se na história, exame biomecânico e às necessidades individuais, de qualquer modo não corrige deformidades, só as acomoda.

Uma das funções mais lembradas de uma palmilha é a absorção de choque, a perda dessa capacidade é encontrada especialmente em pés cavos ou em pessoas mais idosas, cuja almofada gordurosa plantar vai se afinando com o avanço da idade, deixando desprotegida as articulações metatarsofalangeanas.

Outra função de uma palmilha é reduzir a concentração de pressão em poucas áreas, como se pode ver quando existem dedos em garra, através de uma dispersão em maior área.

A maior procura pelas palmilhas se relaciona à sua capacidade de controlar movimento anormal. A parte posterior, usada para acomodar o movimento do calcâneo e aparte anterior, vai suportar o antepé e diminuir a necessidade de movimentos compensatórios ou anormais nas articulações subtalar e mediotársica.

As propriedades do material das palmilhas dizem respeito à rigidez e dispersão de energia do material. A rigidez é a deformação que o material sofre quando uma força é aplicada e a dispersão de energia é a capacidade de não transmitir ao corpo a força aplicada. Esses parâmetros não são necessariamente correlatos, por exemplo, um material macio pode não ser absorvedor de energia (elástico), enquanto um material mais rígido pode (viscoelástico).

Existem vários materiais que têm propriedades específicas. Entre os mais macios, o mais comum é o “Plastazoteâ”, usado para revestir sapatos e palmilhas, para pacientes com neuropatia do tipo diabética ou pés com artrite reumatóide muito avançada e pés muito destruídos.

Entre os materiais semi-rígidos o mais comum é o EVA (ethyl vynil acetato) um polímero de poliolefina, muito usado em revestimento de sapatos esportivos e na confecção de palmilhas. O couro, que já foi muito usado, perde sua popularidade com advento das espumas de polietileno, mas pode ser combinado a estas.
As indicações das palmilhas incluem o desalinhamento do calcanhar (varo ou valgo), alterações do arco medial longitudinal (pé plano ou cavo); área sujeitas a excessos de pressão como nas metatarsalgias (de uma ou mais cabeças); hálux rígido, sesamoidite; e esporão de calcâneo; outras indicações se referem a problemas no joelho (valgo ou varo); deformidade que podem ter impacto sobre os pés, situações freqüentemente encontradas em pés reumatóides, por exemplo

Fonte: Grupo editorial Moreira Junior

Fax Online    Enviar artigo em PDF